22 junho 2017

Resenha: Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter

Título: Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter - Os Números do Amor #2
Autora: Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance
Ano: 2016
Páginas: 352
Skoob

Em Dez formas de fazer um coração se derreter iremos conhecer a história de Isabel, filha de um conde, e Nicholas, irmão gêmeo de Gabriel, protagonista do livro Nove regras a ignorar antes de seapaixonar.

Isabel está passando por um momento de dificuldades financeiras. O conde nunca foi um exemplo de pai; abandonou a família para viver na cidade onde poderia gastar sua fortuna em apostas. Mas se antes a vida dela já era difícil, com a morte do conde tudo se complicou ainda mais. Isabel precisa de dinheiro para poder manter a propriedade e também para dar uma educação de qualidade para seu irmão James, o atual conde. Sem saída e sem recursos, Isabel decide vender o único bem que herdou de sua mãe: uma coleção de estátuas de mármore. 

Nicholas após ser considerado um dos melhores partidos de Londres acabou sendo perseguido por algumas mulheres, decidido a colocar um fim nisso é que ele acaba vendo a oportunidade perfeita para sair de Londres quando um velho amigo pede para que ele lhe faça um favor. E é então que ele acaba chegando a Yorkshire.

 Isabel conhece a fama de Nicholas. Ele é um grande especialista em antiguidades e seu vasto conhecimento seria essencial e de muita ajuda para ela. Nicholas acaba aceitando o convite para conhecer a coleção de estátuas e avaliá-las. E, bem, com a convivência Nick perceberá que Isabel, com certeza, não é uma moça comum. 
“Lady Isabel era a mulher mais irritante que ele já conhecera. Era um perigo para si mesma e para os outros. Ela podia ter feito os dois morrerem, pelo amor de Deus.”
E apesar de em muitos momentos não se darem bem, Isabel e Nick acabam não resistindo a forte atração que sentem um pelo o outro. Mas como Nick reagirá quando descobrir o grande segredo que Isabel esconde?
“Quem era aquele homem, ao mesmo tempo um antiquário, um cavalheiro, um misterioso fugitivo de cadeia e o irritante dono de um beijo maravilhoso?
Por que ele parecia compreendê-la tão bem?
E, mais importante, por que ela queria tanto conhecê-lo?”

Os personagens são marcantes e diferentes. Isabel é muito protetora e toma pra si muitas responsabilidades. O segredo que esconde poderia levá-la a ruína, mas mesmo sabendo disso não desiste da sua causa. Ela não desejava se casar, já que perdeu a fé nos homens por causa de seu pai, mas vê em Nick a oportunidade de ser salva e de salvar a propriedade. Já Nick tem um passado que não gosta de lembrar, pois lhe deixou marcas profundas, fazendo com que nunca mais desejasse de apaixonar. Mas há algo em Isabel que faz com que seu lado protetor se aflore novamente. Estaria o seu coração fechado para o amor ou seria questão de tempo até que Isabel conquista-se ele para si?
“O que havia naquela mulher que o deixava tão nervoso e disposto a sacrificar tudo por ela?
O que o fazia querer tanto ajudá-la?”

Apesar de ter amado o desfecho do livro I, achei que a história deste teve um desenrolar mais lento e acredito que foi por isso que não apreciei tanto a leitura. Talvez eu tenha lido em um mau momento, mas a verdade é que Nove regras a ignorar antes de se apaixonar continua sendo o meu preferido.


Comente com o Facebook:

Sem comentários :

Enviar um comentário

A Culpa é dos Leitores - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados