03 junho 2017

Resenha: Doce Tatuagem

Título: Doce Tatuagem - À Flor da Pele #0.5
Autora: Helena Hunting
Editora: Suma de Letras
Gênero: Romance | Erótico
Ano: 2015
Páginas: 50
Skoob

Tenley, 21 anos, solitária, futura aluna de mestrado, nova moradora de Chicago e uma observadora assídua do estúdio de tatuagens Inked Armor.

Tenley se mudou para Chicago a fim de deixar seu passado em Arden Hills para trás. Ela não conhece ninguém na cidade e como passar do tempo e até mesmo como uma forma de distração, passa horas na janela de seu apartamento observando os tatuadores do estúdio Inked Armor. Mas a verdade é que um dos tatuadores lhe desperta interesse e sonhos intensos.
"Além do encanto das tatuagens e de sua beleza pouco convencional, algo nele me atraía para a janela todas as noites. Por mais interessantes que todos no estúdio fossem – desde o cara enorme com sorriso simpático até o cara esguio de cavanhaque e a menina de cabelo da cor de algodão doce –, era para o homem de cabelo escuro que eu não conseguia para de olhar. Ele rondava, não andava. Tinha uma inquietude inerente; mesmo quando estava sentado, não parava de bater o pé no chão. Dos quatro, parecia ser o mais sério e o mais intimidador."
Observar a "Inked Armor" se tornou um ritual para Tenley, e nos momentos vagos ela aproveita para visitar o Serendipity, o antiquário-livraria localizado no térreo do prédio em que mora. Tenley sempre via o "seu" tatuador entrar no Serendipity, mas nunca conseguiu se encontrar e se apresentar, até que, a dona do antiquário e do apartamento em que mora lhe oferece um emprego de meio período, e querendo ocupar seu tempo, Tenley acaba aceitando. É então que ela o vê de pertinho pela primeira vez, e bem...
"Além do piercing na sobrancelha e das argolas no canto esquerdo do lábio inferior, a primeira coisa que notei foram seus olhos. Eram incrivelmente azuis. Não um azul cor de mar ou cor do céu, nem mesmo azul-acinzentado. Eram claríssimos e pálidos, de uma intensidade chocante em contraste com o cabelo e os grossos cílios escuros. Ele era lindo de doer, de uma maneira severa, atípica. Exatamente com eu imaginava que fosse. E não era apenas o rosto."
O nome dele é Hayden, e é sobrinho de Cassie (a dona do antiquário), e se vê encantado por Tenley, mas a mesma não lhe da oportunidade de chegar perto, já que vive fugindo e se escondendo dele. 

"... corri até o Serendipity. A nova funcionária estava lá. Eu não precisava vê-la para saber disso; senti seu perfume, ou hidratante, ou o que quer que ela usasse que tinha um cheiro tão bom. Como cupcakes. Que eu adorava."





A cada dia que se passa, Hayden se sente ainda mais intrigado e curioso por causa de Tenley, ele não consegue tirá-la da cabeça, e o mesmo vale pra ela. Mas ela continua arisca e não querendo se aproximar, o porquê disso eu não sei, mas posso garantir que estou ansiosa por mais deles, porque mesmo sendo um bônus, Doce Tatuagem foi capaz de me fazer ficar completamente envolvida e  apaixonada pelos Hayden personagens. 

Nesse livro sabemos pouca coisa dos personagens, mas uma coisa é certa, a história vai ser intensa e quente, OMG!. 

 Tenley aparentemente parece ser uma garota doce, e tudo que sei dela é que: tem um passado regado a memórias "dolorosas", saiu meio que as pressas de Arden Hills e faz tempo que não se socializa. Se sente atraída por Hayden desde o primeiro instante em que o viu, mas sempre dá um jeito de não ficar muito tempo na presença dele. 

Hayden, OH MY! que homem! Eu não sei, tenho alguma coisa com homens tatuadores/tatuados e intensos. Ele é lindo, sexy, quente, um ótimo tatuador, ama o que faz, vive sozinho, e sente uma forte atração por Tenley. Parece que também tem um passado perturbador, mas tudo ainda é um mistério (foi só eu, ou mais alguém notou um monte de semelhanças entre Hayden e Tenley? Humm, acho que vem muita coisa boa na continuação). Tenley mexeu tanto com Hayden, que ele se pega desejando algo real.
"Porque, de repente, meu exílio controlado e autoimposto não parecia mais tão atraente.
Pela primeira vez em anos, eu queria... alguma coisa. Qualquer coisa. Desde que fosse real."
O livro é incrível, amei muito, e o melhor de tudo é que Doce Tatuagem foi só o começo...
 Deem uma chance para Hayden e Tenley, tenho certeza que eles vão conquistar o coração de vocês como conquistaram o meu.


Comente com o Facebook:

1 comentário :

  1. Parece um pouco clichê, mas o bom é quando o autor consegue transformar algo clichê em algo que a gente queira ler e e saber mais...
    bjs ♥

    ResponderEliminar

A Culpa é dos Leitores - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados