26 junho 2017

Resenha: O Garoto dos Meus Sonhos


Título: O Garoto dos Meus Sonhos
Autora: Lucy Keating
Editora: Globo Alt
Gênero: Romance 
Ano: 2016
Páginas: 264
Skoob
Resenha postada originalmente no Blog Notas Literárias.

Assim que comecei a ler O Garoto dos Meus Sonhos logo me lembrei do livro da Marina Carvalho, Azul da cor do mar, mas bastou algumas páginas para saber que o desenvolver do livro seria bem diferente do que eu tinha imaginado.

"[...] Todas as noites com Max, desde que me lembro, foram sonhos. Porque Max é o garoto dos meus sonhos... e só dos meus sonhos. Porque ele não existe de verdade."
Alice acaba de se mudar para Boston com seu pai. Ela vive sozinha com ele desde que sua mãe foi para Madagascar fazer pesquisas e acabou não retornando. É como se ela tivesse apenas o seu pai e Max, o garoto dos seus sonhos. 

 Alice desde pequena tem sonhos com Max. Ela nunca o viu, mas seus sonhos são tão reais que ela acaba se apaixonando por ele. Ela vive uma fantasia, mas sabe que não pode ser assim por muito tempo, mas tudo muda quando chega em sua nova escola. 
"Porque parado na porta da sala de aula, olhando diretamente para mim, está Max. Meu Max. Meu Max dos meus sonhos. Meu Max que não existe."
Max está ali, como isso seria possível? De repente o garoto que tomava conta de seus sonhos se tornou real, seria mesmo realidade ou mais uma vez ela estaria fantasiando sobre ele?

Max inicialmente fingi não a conhecer, mas com o passar dos dias ele acaba confessando que também a conhecia através dos sonhos. Como isso seria possível se eles nunca se viram? Juntos eles vão tentar desvendar o que de fato aconteceu quando eram crianças para terem começado a sonharem um com outro, mesmo que isso signifique que não tenham mais a ligação através dos sonhos.

"Depois de todos os sinais e emoções confusos, as ressonâncias magnéticas e eletroencefalogramas e as reproduções de sonhos, pensei que estivéssemos começando a entender tudo. Não só a ciência... nós. Mas não estávamos. Não estamos mais próximos do que estávamos no dia em que cheguei aqui."
Alice é muito passional e apegada aos sonhos, tanto é que sempre foi fiel a Max, mesmo sabendo que ele poderia ser apenas fruto da sua imaginação. E quando o vê pessoalmente e começa a passar algum tempo com ele, ela acaba percebendo que Max é bem diferente do garoto dos seus sonhos e mesmo assim ela não consegue se desligar de tudo o que viveu e sentiu. Já Max se obrigou a seguir com sua vida. Ele não poderia se "alimentar" para sempre de sonhos, de fantasias, tanto é que tem uma namorada e tenta esconder que conhece Alice. Mas chega um ponto que esconder a verdade já não é mais uma opção, será que juntos eles vão conseguir desvendar o mistério que os acerca? Até que ponto o que viveram era verdade?  Ou eles teriam vivido apenas mentiras? 

O livro é todo narrado por Alice e em alguns capítulos acabamos embarcando em alguns dos seus sonhos com Max.  Foi bem interessante ver a ligação que ambos sentiam um pelo o outro. Mas a verdade é que os motivos que os levaram a ter os sonhos não me convenceram. É tudo ligado a ciência, e, particularmente, achei um pouquinho superficial os motivos e a explicação. Enfim, o livro é bom! É uma história bem juvenil, um livro que mistura realidade com imaginação. 

Uma leitura leve, e boa para aqueles momentos pós-ressaca literária. Ahhh, antes de ir, preciso comentar que a edição está linda e caprichada. A Globo Alt arrasou mais uma vez!


Comente com o Facebook:

1 comentário :

  1. Eu quero muito ler esse livro, o que me cativou desde o começo foi essa capa linda mas depois de ver várias resenhas positivas fiquei ainda mais curiosa. Achei interessante que você disse que ele é bom para ler quando estivermos passando por um momento pós-ressaca, sempre que isso acontece fico na dúvida de qual livro ler :))
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderEliminar

A Culpa é dos Leitores - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados