14 agosto 2017

Resenha: Sempre - A Redenção

Título: Sempre - A Redenção - Forever #2
Autora: J.M.Darhower
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Romance
Ano: 2016
Páginas: 512
Skoob

Carmine teve que abrir mão de sua "liberdade" para proteger Haven. Ele, que nunca pensou em fazer parte da Máfia, acabou se tornando parte dela. Em um momento de puro desespero, ao pensar que perderia sua amada para sempre, ele jurou lealdade a Cosa Nostra. Agora, seu pior medo, o de perder Haven, pode se tornar real.
"Este garoto - teimoso, altruísta e estúpido - entregara a própria vida à máfia. Em troca da vida dela, ele cedera o controle de seu futuro aos homens que ele mais odiava. Pela segurança dela. E foi tão fácil para ele, tão rápido... Como se sacrificar-se por ela fosse tão natural quanto respirar."  
Carmine deseja que Haven tenha a sua tão sonhada liberdade e é por isso que ele toma a decisão de ir embora deixando-a sozinha para seguir seus sonhos. É claro que ele sofreu ao deixá-la, mas Haven não cabia na sua nova realidade. Ela não merecia viver em meio aos perigos da máfia mais uma vez. Ela merecia ser livre. Feliz.
"Não é assim que deveria ser. Não era para acabar desse jeito. Nós deveríamos ficar juntos, longe de toda essa merda, e apenas viver a vida. Seria a primeira vez que teríamos a oportunidade de viver de verdade, de abandonar tudo isso. Nós só queríamos ser nós mesmos, mas agora, olhe para toda essa merda."
Haven não lida muito bem com a decisão de Carmine. Pois, como pode alguém que deseja sua liberdade tomar decisões por ela? E, ainda por cima, a abandona? Carmine não deu opção de escolha, ele simplesmente foi embora deixando-a com o coração partido, mas também com um futuro todo pela frente.

E assim, ambos acabam seguindo com suas vidas. Carmine tendo que lidar com a Máfia, e Haven estudando pintura. E mesmo depois de passarem algum tempo sem notícias um do outro, eles ainda sofrem com a separação; e diante da nova realidade deles, um futuro juntos parece ainda mais improvável de acontecer.
"É estranho como as coisas funcionam. Num minuto você é uma serva; no seguinte você de torna a Cinderela, e, de repente... de repente a história se acaba e você é forçada a fechar o livro." 

Tenho que confessar para vocês que a autora J. M. Darhower se tornou uma das minhas queridinhas. Juro que eu não sabia o que mais poderia acontecer a Carmine e Haven, e, a autora mais uma vez me surpreendeu... Que história incrível e instigante.   

O "trabalho" da autora com os personagens foi fabuloso, tanto é que fica impossível para o leitor não entender os medos e receios deles.

Foi interessante ver como Carmine e Haven tiveram maneiras diferentes de lidarem com a dor. Enquanto Carmine se afundava em bebidas, Haven estava em busca de seus sonhos. Mas já aviso que de meloso o livro não tem nada. Na verdade, em muitos momentos, o romance fica como pano de fundo. 

Então, sim! Sempre e Sempre - A Redenção são livros que não falam apenas de amor, tem muitas outras coisas envolvidas, até porque estamos falando de um "mundo" em que a Máfia comanda. Então se preparem para um misto de sentimentos como: dor e incertezas (porque nada nessa história é certo), momentos de pânico, de medo e puro horror... 

A história de Carmine e Haven está longe de ser bonita, porque eles tiveram que passar por cada coisa, mas uma coisa eu garanto a vocês: vai ser lindo ver a redenção dos personagens. Eu amei o desfecho.

Essa duologia se tornou única para mim. A história é marcante e tão diferente dos livros que estou acostumada a ler. E minha recomendação é: Leiam e se surpreendam. 
"Às vezes de maneira abrupta, fazendo com que fiquemos sem chão no momento em que a vida nos surpreende com um acontecimento repentino, virando nosso mundo de cabeça para baixo, despedaçando-o e fazendo com que aqueles que ficaram para trás tenham de recolher os pedaços. Outras vezes, a mudança ocorre devagar: uma hora, um minuto ou um segundo de cada vez, de um jeito tão vagaroso que ninguém poderia dizer com certeza quando a transformação aconteceu. Você se encontra em algum lugar onde nunca esteve, fazendo coisas que nunca fez, sendo uma pessoa que nunca imaginou que seria."

Comente com o Facebook:

Sem comentários :

Enviar um comentário

A Culpa é dos Leitores - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados