Resenha: Tudo Junto e Misturado

Título: Tudo Junto e Misturado | Autora: Ann Brashares | Editora: Seguinte | Ano: 2017 | Páginas: 336
Resenha postada originalmente no Blog Clã dos Livros.

Acho que o que eu mais gosto nos livros Young Adult, é que eles sempre nos passam alguma mensagem, e em Tudo Junto e Misturado não foi diferente.

Narrado em terceira pessoa, vamos conhecer Sasha e Ray, na verdade, aqui conheceremos a família tanto de ambos, já que as duas estão conectadas. 

Sasha e Ray nunca se viram, mas dividem muitas coisas em suas vidas. Além de dividirem uma casa, a mesma cama, itens pessoais, eles têm três irmãs em comum. Confusos? Pois bem, a mãe de Ray foi a primeira esposa do pai da Sasha, só que eles acabaram se separando e consequentemente formaram uma nova família. 

"Por acaso era possível ver a beleza no momento em que ela surge? Ou a gente precisa de tempo, experimentar perdas e talvez um pouco de dor?"

Até aí nada de mais, não é mesmo? Mas a verdade é que nada é tão simples assim. Os pais deles não se suportam e por isso nunca tiveram a oportunidade de se conhecer pessoalmente. E suas vidas mesmo tendo tanto em comum, são totalmente diferentes. Mas, as coisas estão prestes a mudar para todos, só resta saber se eles estarão preparados para o que anos de rancor provocariam em suas vidas.

"Assim era e assim sempre seria. Não havia motivo nem nada a ganhar ao tentar transpor o abismo. Não tinha o menor cabimento querer conhecer a única pessoa no mundo situada além de seus limites."

O interessante aqui é que todos são protagonistas: Sasha, Ray, seus pais e suas irmãs Quinn, Emma e Mattie. A autora aborda a vida de todos, focando mais na vida dos 5 irmãos, então eu fiquei bastante apegada e ansiosa para saber qual seria o desfecho de suas vidas, e acredito que tenha sido esse o motivo de eu não ter avaliado o livro com o máximo de estrelas possíveis, pois eu queria mais, sabe? Mais drama, mais romance, mais tudo rsrs. Fiquei com tantas expectativas, que no fim eu queria que a autora tivesse se aprofundado ainda mais na vida dos personagens, tanto é que eu leria mais algumas páginas sobre eles sem problemas 😏.

Uma das coisas que mais me chamou atenção durante a leitura é que Ann Brashares criou uma família, ou melhor, uma história muito real. Medos, perdas, mentiras, traição, inocência, amor, família e suas imperfeições... estes são os ingredientes dessa história instigante, jovem e que mostra que rancor e mágoas não levam ninguém a lugar nenhum, na verdade, nos fazem sofrer perdas, e, muitas das vezes, ter que lidar com algumas irreparáveis.

Gostei bastante, acabei me identificando um pouco por ter pais separados e a relação entre eles não ser amigável, mas as semelhanças acabam por aí. 

Um livro sobre família e suas adversidades e que nos mostra como o amor ainda é capaz de se sobrepor a tudo. 

E, não poderia terminar a resenha sem antes falar da edição que apesar de simples está linda! A capa define bem os irmãos, e a fonte utilizada é superconfortável para a leitura. 

Sem comentários